Home / Dicas e Truques / Dicas de criação e uso de senhas

Dicas de criação e uso de senhas

Ainda que os ataques a contas de email, sites e redes sociais sejam crescentes, muitas pessoas não se preocupam com a forma mais simples de preservar suas informações: a escolha de uma boa senha. E, mesmo que exista uma intenção de cuidado, o grande número de canais acessados acarreta em erros triviais, como o uso de uma senha única pelo usuário, por exemplo.Uma pesquisa realizada pela empresa McAfee, em 2014, revelou que 49% dos usuários de Internet no Brasil usam a mesma senha para acessar diferentes sites. A comodidade e o receio do esquecimento são os fatores mais considerados no momento da escolha da senha, no entanto, além desses quesitos, é preciso ponderar a força e a singularidade de uma chave de acesso. Usuários que hospedam sites e contas de emails comercial necessitam de uma atenção ainda maior, visto que os ataques à páginas vinculadas à organizações são mais comuns, principalmente pelo tráfego gerado e pelo acesso aos dados de clientes.

Encontrar a melhor senha para suas contas pode não parecer uma tarefa fácil, mas pequenas decisões nos momentos de criação e uso podem ser cruciais para evitar invasões indesejadas.

Senhas fortes e seguras exigem muitos (e diferentes) caracteres

A escolha de uma boa senha começa pelo número de caracteres utilizados: o ideal é que sejam mais de dez. O uso alternado de letras maiúsculas e minúsculas, além de caracteres especiais (ex.: !, #, %) também é indicado. Para facilitar a memorização de uma senha também é recomendado utilizar palavras concatenadas a números e a sinais de pontuação (ex.: “te5T@ando!”). É bastante importante não repetir caracteres e não inserir caracteres iguais a seu nome ou e-mail (ex.: a senha não poder ter “dan”, caso seu nome seja “Daniel”).

Além disso, é preciso evitar senhas com informações pessoais como número de telefone, endereço, data de nascimento, entre outras. Senhas que contenham tais dados podem ser facilmente descobertas por pessoas que tenham acesso às suas redes sociais, por exemplo. É preciso evitar, também, o uso de palavras simples (ex.: “senha”; “computador”) e combinações de teclado (ex.: “QWERTY”; “123456”). Esta última, por sinal, foi a senha mais utilizada em 2014, segundo o SplashID. Neologismos (invenção de palavras) e frases inteiras são mais indicados, por serem mais difíceis de serem descobertos.

Não basta criar uma boa senha, é preciso saber usá-la

Uma pesquisa realizada pela F-Segure indicou que 58% dos internautas respondentes possuem mais de 20 contas protegidas por senhas, o que determina o uso da mesma senha em diferentes canais (e facilita muito os ataques). Logo, é importante definir quais são suas contas mais ou menos importantes, ampliando a segurança conforme as necessidades. Lembre-se: o vazamento de informações pode comprometer não somente você, mas todos os usuários envolvidos em suas contas, como compradores de seu e-commerce ou utilizadores de seu domínio.

Compartilhar sua senha por e-mail ou mensagens, permanecer logado às suas redes em um smartphone, ou mesmo salvar suas senhas em computadores públicos, são atitudes que facilitam o roubo de informações. Faça sempre logoff de suas contas e a qualquer sinal de desconfiança, troque sua senha. Aliás, a troca periódica de senhas é altamente indicada, mas exige que o usuário não reaproveite senhas antigas.

A RedeHost conta com uma política específica para a criação e utilização de senhas, relembrando seus usuários sobre a importância de ter uma boa chave de acesso e de saber utilizá-la corretamente. Exige-se, por exemplo, o uso de, no mínimo, dez caracteres na criação de uma nova senha e não permite-se que as últimas cinco senhas do usuário sejam utilizadas novamente. Além de oferecer certificados de segurança e proteções a diferentes tipos de ataque, a RedeHost acredita no trabalho conjunto a seus clientes, evitando ao máximo que seus serviços de hospedagem e domínio sejam violados.

Não consegue gerenciar suas senhas? Que tal uma ajudinha?

Utilizado para armazenar grandes quantidades de logins e senhas, os gerenciadores de senha são ótimas opções para usuários que possuem diversas contas e precisam preservar informações importantes. Os gerenciadores de senha possuem bancos de dados que guardam as senhas de diferentes canais e as criptografam em uma só chave de acesso (ou senha mestre). Desta forma, o usuário memoriza apenas uma senha, o que facilita a administração das contas, aumenta a proteção e estimula a criação de senhas mais complexas, já que a maioria desses programas possuem geradores de senha. São diversas as opções de geranciadores, como oKeePass, o F-Segure, e o SplashID.

Sobre Junior Romera

A Nova Forma Host (nfhost) foi idealizada por Junior Romera baseando-se em sua experiência adquirida durante anos, trabalhando com desenvolvimento de sistemas web sites, então a partir de Abril de 2005 com a alta demanda significativa em projetos voltados para WEB, surgiu a NFHost.

Além disso, verifique

Algumas funções do WordPress

Quem trabalha com WordPress sabe muito bem, que sempre tem aquelas funções que resolvem a vida, mas …

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com